Guia de Candidato a Caloiro

O nosso SITE: http://www.wix.com/TelmaG/Guia-de-Candidato-a-Caloiro
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 curiosidade praxes..origem....

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Diana
Segundo Anista
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 14/10/2008

MensagemAssunto: curiosidade praxes..origem....   Sex Mar 06, 2009 4:21 am

A actual praxe académica surge na Universidade de Coimbra. Tem como base uma jurisdição especial (o "foro académico", distinto da "lei civil"), a qual era aplicada por um corpo policial próprio - os Archeiros - sob tutela das autoridades universitárias. O seu papel era o de zelar pela ordem no campus e fazer cumprir as horas de estudo e recolher obrigatório por alunos e professores, sob pena de prisão, sobrepondo-se às autoridades policiais civis. Também tinha a incumbência de evitar a entrada na Universidade dos habitantes da cidade que não fossem estudantes ou professores.

Em 1727, devido à morte de um aluno, D. João V proíbe as investidas feitas pelos veteranos (qualquer aluno com mais de uma matrícula na Universidade): "Hey por bem e mando que todo e qualquer estudante que por obra ou palavra ofender a outro com o pretexto de novato, ainda que seja levemente, lhe sejam riscados os cursos."

No século XIX, o termo "investida" dá lugar aos termos "caçoada" e "troça". Os episódios de violência sucedem-se, com os novos alunos a serem rapados ou obrigados a cantar e a dançar e chega mesmo a haver confrontos físicos com os mais velhos.

Com o fim da polícia universitária em 1834, os estudantes decidem criar uma adaptação desta força policial académica e recuperar os rituais de iniciação. Assim, após o toque vespertino da "cabra" - um dos sinos da torre da Universidade - patrulham as ruas da cidade, em busca de infractores, organizados em "trupe". No final do século XIX, surgem novamente relatos de violência entre estudantes, relacionados com os rituais de iniciação, onde os novos alunos eram obrigados a cantar e dançar, e em que era também frequente cortar-lhes o cabelo. Num destes episódios, um dos praxistas é morto por um caloiro.

A praxe foi entretanto interrompida durante alguns períodos. Durante a Imposição da República a praxe é abolida devido à oposição dos estudantes republicanos, sendo reposta em 1919.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Claudy
Licenciado
avatar

Mensagens : 61
Data de inscrição : 07/11/2008

MensagemAssunto: Re: curiosidade praxes..origem....   Sex Mar 06, 2009 11:54 pm

Diana escreveu:
A actual praxe académica surge na Universidade de Coimbra. Tem como base uma jurisdição especial (o "foro académico", distinto da "lei civil"), a qual era aplicada por um corpo policial próprio - os Archeiros - sob tutela das autoridades universitárias. O seu papel era o de zelar pela ordem no campus e fazer cumprir as horas de estudo e recolher obrigatório por alunos e professores, sob pena de prisão, sobrepondo-se às autoridades policiais civis. Também tinha a incumbência de evitar a entrada na Universidade dos habitantes da cidade que não fossem estudantes ou professores.

Em 1727, devido à morte de um aluno, D. João V proíbe as investidas feitas pelos veteranos (qualquer aluno com mais de uma matrícula na Universidade): "Hey por bem e mando que todo e qualquer estudante que por obra ou palavra ofender a outro com o pretexto de novato, ainda que seja levemente, lhe sejam riscados os cursos."

No século XIX, o termo "investida" dá lugar aos termos "caçoada" e "troça". Os episódios de violência sucedem-se, com os novos alunos a serem rapados ou obrigados a cantar e a dançar e chega mesmo a haver confrontos físicos com os mais velhos.

Com o fim da polícia universitária em 1834, os estudantes decidem criar uma adaptação desta força policial académica e recuperar os rituais de iniciação. Assim, após o toque vespertino da "cabra" - um dos sinos da torre da Universidade - patrulham as ruas da cidade, em busca de infractores, organizados em "trupe". No final do século XIX, surgem novamente relatos de violência entre estudantes, relacionados com os rituais de iniciação, onde os novos alunos eram obrigados a cantar e dançar, e em que era também frequente cortar-lhes o cabelo. Num destes episódios, um dos praxistas é morto por um caloiro.

A praxe foi entretanto interrompida durante alguns períodos. Durante a Imposição da República a praxe é abolida devido à oposição dos estudantes republicanos, sendo reposta em 1919.

acho a kestao da praxe util para kem se integra numa faculdade..para s intergar no mei social d tal king
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alexandra_22
Segundo Anista
avatar

Mensagens : 12
Data de inscrição : 08/11/2008

MensagemAssunto: Re: curiosidade praxes..origem....   Sab Maio 09, 2009 12:45 am

para mim a praxe foi útil porkausa do padrinho Embarassed a madrinha dava-me apontamentos e o padrinho apontamentos dava Razz Embarassed

agora a falar a sério é útil termos alguém k nos ajude nos 1º trabalhos, k nos diga umas cenas dos professores, k nos apresente os veteranos pa sermos - praxados... as minhas praxes foram durante 1 semana inteira k foi das melhores semanas da minha vida, acabou com uma noitada em grande e o pessoal nem parecia k só seconhecia há 1 semana, ms sim durante td a vida.
kem veio dps ficou nem imagino como s deve ter sentido deslocado...

a sensação de kem vai às praxes é k fica a conhecer a universidade por dentro e por fora Very Happy

vão e divirtam-se lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: curiosidade praxes..origem....   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
curiosidade praxes..origem....
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» possivel curiosidade/variedade selo 466 1946
» Caribos mudos a duvida da origem
» De onde vieram os Flowcharts (fluxogramas)?
» [Brasil] Monomotor acidentado no Pará é de origem clandestina
» Curiosidade que tenho

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Guia de Candidato a Caloiro :: Estudante :: O Caloiro e as Praxes-
Ir para: